CASA DA MÃE JOANA

MINISTRA KÁTIA ABREU PROCESSADA

POR NÃO PAGAR DÍVIDA AO BNDES

Kátia Abreu foi avalista do filho, que é deputado caloteiro

Deu no site Terra

A Ministra da Agricultura, Kátia Abreu, está sendo questionada na Justiça pelo não pagamento de um financiamento de R$ 1 milhão para a plantação de eucalipto na fazenda da sua família no Tocantins, segundo informações publicadas neste sábado pelo jornal Folha de S.Paulo. De acordo com a publicação, o empréstimo foi contratado em 2011, quando ela já era senadora pelo PMDB-TO.

A ministra foi avalista do negócio, feito por seu filho, deputado federal Irajá de Abreu (PSD-TO). O dinheiro público foi obtido por meio do Bradesco e o valor inicial era de R$ 902 mil, já liberados. A dívida chegou a R$ 1 milhão em junho de 2014, quando foi ajuizada pelo Bradesco.

NÃO PAGOU NENHUMA PARCELA

Até a data, nenhuma parcela, no valor de R$ 56 mil, havia sido paga. O processo teve sua tramitação interrompida em agosto de 2014 para uma nova tentativa de negociação.

A Folha afirma que Kátia Abreu declarou à Justiça Eleitoral no ano passado que tem um patrimônio total de R$ 4,1 milhões – Irajá de Abreu tem patrimônio de R$ 5,7 milhões. Em contato com a reportagem, a ministra afirmou que a dívida está sendo negociada, mas alegou sigilo bancário.

De acordo com o jornal, na mesma fazenda, a Aliança 1, Kátia foi multada pelo Ibama por desrespeitar embargo imposto pelo próprio órgão ambiental. A autuação, de R$ 10 mil, foi aplicada no dia 10 de julho.

###
COMENTÁRIO DE DOROTHY LAMOUR
 – Todas as vezes que vejo a senadora e agora ministra Katia Abreu na mídia, lembro do senador cassado Demóstenes Torres.

Compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone