REBOBINADO

Para nunca mais esquecer

Memórias do blog

Hoje, há um ano, Dilma foi reeleita depois da campanha mais suja e agressiva desde a que elegeu Fernando Collor presidente em 1989. Lula foi vítima de Collor. Aécio e Marina, de Dilma.

Candidatos mentem muito para se eleger. Nenhum candidato a presidente depois de Collor mentiu tanto quanto Dilma.

O que faz Dilma ser rejeitada como um presidente jamais foi, nem mesmo Collor, não é a crise econômica. É a mentira. As pessoas que votaram nela sentem-se roubadas.

O ruim para Dilma é que ela governará assim até o fim . E pior: sem saber até quando exatamente governará.

Herança maldita de quase cinco anos de Dilma presidente: recessão; inflação de quase 10%; taxa de desemprego de 7,6%; juros do cheque especial de 253% ao ano.

A variação negativa do PIB em 3%, estimada para este ano, é o pior resultado desde 1990.

Faz parte da herança maldita a corrupção que reduziu o valor da Petrobras e emporcalhou a imagem do Brasil lá fora.

Por sinal, tão próxima de Lula presidente, Dilma nunca soube do mensalão. Nem desconfiou. Eleita presidente, nunca soube da roubalheira na Petrobras. Nem desconfiou.

Se soube do mensalão e da roubalheira na Petrobras, foi cúmplice nos dois casos. Se não soube foi incompetente.

Debite-se na conta de Lula a escolha de Dilma para sucedê-lo. E na da maioria da nossa gente, o engano cometido.

Mas que sirva de consolo: somente o erro ensina.*

(*) Blog do Noblat