O SONHO ACABOU

Pergunta que não quer calar

Se Lula é tudo o que seus devotos dizem que ele é, inclusive Dilma, por que ela, em 2014, bateu o pé e não deixou que Lula fosse outra vez candidato a presidente? Ele queria ser, era só o que queria. O PT queria que ele fosse candidato. As elites, que ele tanto espanca agora, sócias preferenciais de Lula no poder, também queriam.

A Lula faltou coragem para dizer a Dilma: “Sai daí que eu vou voltar”. Estava com o discurso da volta pronto no bolso, mas também guardado na memória. De tão contrariado, pouco participou da campanha à reeleição de Dilma no primeiro turno daquele ano. Participou no segundo para evitar que ela fosse derrotada por Aécio.

Esperou 2018 chegar. A prisão chegou antes. O sonho acabou.*

(*) Blog do Noblat