ACABARAM-SE AS BOQUINHAS

O desmembramento do Ministério do Trabalho

O Ministério do Trabalho, que será extinto no novo governo, deverá ser desmembrado em três partes, relata O Globo.

A parte que envolve direitos trabalhistas, o combate ao trabalho infantil e ao trabalho escravo migrará para o ministério da área social.

O FGTS e o FAT devem ir para o ministério da Economia de Paulo Guedes.

Já as áreas responsáveis por registros sindicais e qualificação de trabalhadores poderão migrar para o Ministério da Educação ou outra pasta.

A PROPÓSITO

Tigrada sindical perde boquinhas e bocados

O fim do Ministério do Trabalho significa cortar ainda mais o oxigênio da tigrada sindical que, a pretexto de defender os trabalhadores, luta mesmo é por boquinhas e bocados do dinheiro do pagador de impostos.

 
Manu não curtiu

Manuela D’Ávila não gostou de saber que o Ministério do Trabalho vai acabar.

 

Boulos também não curtiu

Além de Manuela D’Ávila, Guilherme Boulos também não gostou de saber que o Ministério do Trabalho vai acabar.

“E agora, liberou geral para os patrões?”, postou no seu Twitter