IMPLEMENTANDO DOUTRINAS AUTORITÁRIAS

Presidente do PSL cita reis da Idade Média ao justificar Eduardo em embaixada nos EUA

Segundo Luciano Bivar, indicação pode ser comparada ao casamento de uma princesa

BRASÍLIA – O presidente do PSL,Luciano Bivar (PE), citou a Idade Média para defender uma possível indicação de Eduardo Bolsonaro , filho do presidente, à embaixada do Brasil em Washington.

— A relação de embaixador é uma relação muito de confiança e apreço. Passando isso para a Idade Média, geralmente os reis entregavam suas filhas, seus filhos.

Ele citou como exemplo o casamento entre Catarina de Aragão, filha do rei da Espanha, e Henrique VIII, rei da Inglaterra (na realidade, o casório ocorreu no início da Idade Moderna, em 1509). Antes de se casar, Catarina foi embaixadora da Espanha na Inglaterra.

— Catarina de Aragão era filha do rei Filipe, foi casada com Henrique VIII para fazer uma aproximação entre Espanha e Inglaterra. Isso faz parte, é um contexto. Antropologicamente nós somos os mesmos, do mundo da pedra até hoje, então essa sinalização do Brasil em relação aos Estados Unidos é uma relação de muita proximidade.

Segundo Bivar, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP) vem trabalhando para convencer senadores a votarem a favor de sua indicação para a embaixada, e a bancada do PSL o apoia de forma unânime. Ele comentou o assunto em entrevista coletiva, após decisão da Executiva do PSL expulsar o deputado Alexandre Frota do partido . *

(*) Natália Portinari – O Globo