SANATÓRIO GERAL

Excesso de safadeza

No Brasil do PT, nada mais normal que um presidente-presidiário

“Estas elites que a tudo recorrem para manter Lula fora do processo político e eleitoral, da perseguição midiática às farsas e chicanas judiciais, já deveriam ter percebido a realidade. Neste momento, só a candidatura do ex-presidente Lula pode sinalizar a retomada da estabilidade e da confiança no país. Excluí-lo à força só vai aprofundar a crise que elas criaram”.

 
(Gleisi Hoffmann, senadora e presidente do PT, num artigo publicado no site do partido, fingindo ignorar que Lula estará fora da corrida eleitoral, não por culpa das “elites”, mas porque foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa por excesso de safadeza).*

 
(*)Blog do Augusto Nunes