MAUS SINAIS PARA LULA

Sem direito a ressaca


Nem começara a padecer com a ressaca de ter perdido no Supremo Tribunal Federal a chance de ser posto em liberdade mesmo que provisória, o ex-presidente Lula passou a colher sinais de que sua prisão em Curitiba poderá se estender por muito mais tempo.

Em parecer protocolado, ontem, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o Ministério Público Federal pediu aumento da pena de Lula no processo do sítio de Atibaia. Ele foi condenado pela juíza Gabriela Hardt a 12 anos e 11 meses de prisão.

O juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Luiz Antonio Bonat, ordenou o bloqueio de R$ 77,9 milhões em bens do ex-presidente. Atendeu a pedido do Ministério Público no processo em que Lula é acusado da compra de dois imóveis com dinheiro de propina.

Para completar, chegou aos ouvidos de Lula a informação de que ele será o principal alvo de ataques das manifestações de ruas marcadas para o próximo domingo em defesa do ex-juiz Sérgio Moro e da reforma da Previdência.*

(*) Blog do Ricardo Noblat