UM PAÍS FICCIONAL

MERECIA O OSCAR

Bons roteiros nunca foram o forte do Brasil, mas estamos agora nos especializando em histórias mal contadas fora da ficção. O scripit protagonizado no noticiário pelo porteiro do condomínio do Bolsonaro é tão incompreensível quanto a sinopse da morte do tal Adriano lá na Bahia.*
 
(*) Tutty Vasquez