Ô COITADO!

Justiça aceita denúncia e Serra vira réu sob acusação de lavagem de dinheiro

Ex-governador foi denunciado pela força-tarefa da Lava Jato do Ministério Público Federal em São Paulo

 

lava jato | Humor Político – Rir pra não chorar

O senador e ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) se tornou réu na Justiça Federal sob acusação de lavagem de dinheiro transnacional. A filha do tucano, Verônica, também se tornou ré.

O juiz Diego Paes Moreira aceitou nesta quarta-feira (29) a denúncia da força-tarefa da Lava Jato do Ministério Público Federal em São Paulo que acusa o senador tucano. O processo está sob sigilo.

Ele foi denunciado no último dia 3, quando também virou alvo da Operação Revoada, que fez busca e apreensão em sua residência.

Em 2018, o Supremo Tribunal Federal decidiu que crimes atribuídos ao tucano cometidos até 2010 estavam prescritos. No entanto, ao descrever suas investigações, os procuradores apontam que houve movimentações financeiras suspeitas no exterior ligadas ao tucano até 2014.

De acordo com a denúncia, as irregularidades começaram nos anos de 2006 e 2007. Serra, diz o Ministério Público Federal, “valeu-se de seu cargo e de sua influência política para receber, da Odebrecht, pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras do Rodoanel Sul”.

“Milhões de reais foram pagos pela empreiteira por meio de uma sofisticada rede de offshores no exterior, para que o real beneficiário dos valores não fosse detectado pelos órgãos de controle.”*

(*) José Marques
SÃO PAULO – Folha de SP

 

A PROPÓSITO

O ministro Dias Toffoli, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou hoje a suspensão das duas investigações contra o senador José Serra (PSDB-SP). Ele acatou um pedido da defesa do tucano, para quem as operações Paralelo 23 e Revoada, violam o foro especial ao investigar o senador durante seu mandato. (UOL)