UMA LÍDER DE VERDADE

Angela Merkel: “Este inverno será duro, serão quatro meses longos e difíceis”

Merkel volta a defender uso da máscara para conter covid-19 - Notícias - R7 Internacional

Em discurso no Bundestag, o parlamento alemão, Angela Merkel chamou de irresponsáveis populistas que propagam mentiras sobre a Covid-19.

Ela previu um “inverno duro” no país e pediu solidariedade e empatia.

“Essa dinâmica vai sobrecarregar nossas unidades de terapia intensiva daqui a algumas semanas. Tudo isso nos mostra que no início da estação fria estamos em uma situação dramática. Afeta a todos nós, sem exceção.”

A chanceler afirmou que entende “a frustração e o desespero”, mas acrescentou que não há outra saída que não seja reduzir o contato entre as pessoas.

“No momento, não podemos rastrear a origem de 75% das infecções e precisamos sair dessa situação o mais rápido possível. A situação é preocupante e não pode ser desfeita.”

Merkel emendou:

“Pensamentos ilusórios ou trivializações populistas não são apenas mentirosos, são irresponsáveis. Não podemos permitir que a linha entre o verdadeiro e o falso, o certo e o errado seja borrado. Quando a ciência provou que algo é falso, isso deve ser claramente declarado.”

A chanceler disse, ainda, que “valores democráticos estão sendo testados na pandemia” e voltou a pedir “que todos sejamos solidários e empáticos”.

“Este inverno será duro, serão quatro meses longos e difíceis, mas vai passar.” *

(*) Redação – O Antagonista