FIM DE LINHA

Gleisi acredita em “chacoalhada” do PT

Gleisi Hoffmann disse ao UOL que a derrota do PT nas eleições não foi uma derrota.

Segundo ela, que preside o partido nacionalmente, “a forma de organização do partido está obsoleta”.

“A gente tem que dar uma chacoalhada.”

A TRAGÉDIA ANUNCIADA

Número de desempregados já subiu 35,9% na pandemia

A alta do desemprego no Brasil

O IBGE divulgou hoje os dados da Pnad Covid, pesquisa criada especificamente para medir o desemprego em meio à pandemia da Covid-19.

Em outubro, a taxa de desemprego chegou a 14,1%, o maior nível desde o início da pesquisa, em maio.

A população desocupada no mês chegou a 13,8 milhões, um aumento de 2,1% em relação a setembro. Desde maio, esse contingente de desempregados subiu 35,9%.*

(*) O Antagonista

NOVIDADE?

Freixo diz que quem controla o Rio é a milícia

A milícia é a primeira prefeita da cidade do Rio de Janeiro

 

O deputado Marcelo Freixo (PSOL) disse ao UOL que quem controla o Rio de Janeiro é a milícia.

“Em São Paulo, Bruno Covas e Guilherme Boulos disputaram quem ia governar a cidade. No Rio, disputaram só quem ia ganhar a eleição. Quem manda na cidade é quem controla os territórios. Quem controla território não é o prefeito, é a milícia.”

E VIVA A PILANTRAGEM!

Ameaçado de impeachment, Witzel agora é evangélico

Wilson Witzel foi batizado em uma igreja perto do Complexo do Alemão, no Rio Foto: Reprodução

Wilson Witzel foi batizado em uma igreja perto do Complexo do Alemão, no Rio

Em meio ao seu processo de impeachment, Wilson Witzel foi batizado em uma igreja evangélica na zona norte do Rio na noite do último domingo, dia 29, informa o jornal O Dia.

De camisa preta, o governador afastado foi banhado em uma piscina da Igreja Vida Nova, em Inhaúma, aos pés do morro do Alemão.

Durante a campanha pelo governo no Rio e já na sua gestão, Witzel se declarava católico. O batismo aconteceu um dia antes de o ex-juiz protocolar sua defesa no processo de impeachment junto ao tribunal misto que decidirá o caso.

O governador afastado também encaminhou a jornalistas uma cópia da defesa dele que incluía a citação bíblica preferida de seu rival político Jair Bolsonaro: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:32).