VERGONHOSO

Ramos terá que explicar à Câmara por que tomou vacina ‘escondido’

Jota Camelo | Humor Político – Rir pra não chorar

O ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos (foto), precisará explicar à Câmara por que teve que tomar “escondido” a vacina contra a Covid-19, como relatado durante reunião do Conselho de Saúde Suplementar. Os esclarecimentos deverão ser prestados em resposta a um requerimento de informação apresentado pelo deputado Kim Kataguiri, do DEM de São Paulo.

No documento, o demista questiona quem orientou o ministro a se imunizar longe dos holofotes e se outras pessoas receberam a mesma recomendação. “Vossa Excelência temia a reação do presidente da República se lhe fosse dada a
informação de que um de seus ministros se vacinou?“, emendou.

Ao fazer a revelação sobre sua imunização, o general não sabia que o evento do  Conselho estava sendo gravado e transmitido nas redes sociais. O vídeo foi apagado, mas a rádio CBN divulgou o conteúdo da fala.

Tomei, foi em Brasília, ali no Shopping Iguatemi. Tomei escondido porque a orientação era para todo mundo ir para casa, mas vazou. Mas tomei mesmo, não tenho vergonha não. Eu tomei e vou ser sincero porque eu, como qualquer ser humano, eu quero viver. Eu tenho dois netos maravilhosos, eu tenho uma mulher linda, eu tenho sonhos ainda. Então, eu quero viver, pô. E se a ciência, a medicina, fala que é a vacina — né [Paulo] Guedes? —, quem sou eu para me contrapor?“, disse, na ocasião.

Na mesma gravação, Ramos declarou estar “pessoalmente” envolvido na tentativa de convencer Jair Bolsonaro a tomar o imunizante. “Nós não podemos perder o presidente para um vírus desse. A vida dele no momento corre risco. Ele tem 65 anos“, prosseguiu.*

(**) ANA VIRIATO –  CRUSOÉ