Skip to main content

POBRE E INFELIZ ESTADO DO RIO DE JANEIRO

No Rio, cinco nomes se credenciam para se candidatar ao Senado; saiba quem são

Além de Romário, Crivella e Washington Reis, bolsonarista Otoni de Paula e Molon são cotados para participar da disputa
O senador Romário (PL), o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB), e o ex-prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) Foto: Arquivo O GLOBO
O senador Romário (PL), o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB),
e o ex-prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) Foto: Arquivo O GLOBO
RIO — Com apenas uma vaga em disputa, a corrida ao Senado ainda tem poucas peças no tabuleiro das eleições do ano que vem no Rio. Dos cinco nomes cotados para a Casa, três já se apresentam como pré-candidatos: o senador Romário (PL), em busca da reeleição; o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB); e o deputado federal bolsonarista Otoni de Paula (PSC), que poderia atrapalhar os planos do ex-prefeito Marcelo Crivella (Republicanos). Mas a lista aumentará. Partidos como PT, PDT e PSB trabalham para definir seus representantes.

No campo da esquerda, PDT e PSB têm trabalhado com a proposta de composição da chapa majoritária com outros partidos. De acordo com o deputado federal Alessandro Molon, presidente regional do PSB, a prioridade será a criação de uma chapa que impeça as vitórias do presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição, e de seus aliados no Estado do Rio. A sigla indicaria um nome ao Senado, e o próprio Molon é uma das opções. (…) *

(**) Marcelo Remigio – O Globo