VAGABUNDO X GENOCIDA

Bolsonaro sobre Renan: “Temos um vagabundo inquirindo pessoas de bem”

Em agenda no estado do senador, Alagoas, o presidente da República disparou críticas contra o relator da CPI da Covid

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez uma série de críticas ao senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, durante agenda em Alagoas nesta quinta-feira (13/5).“Se Jesus teve um traidor, temos um vagabundo inquirindo pessoas de bem. É um crime o que vem acontecendo com essa CPI”, disparou o mandatário do país.

Bolsonaro cumpre agenda em Alagoas, estado comandado por Renan Filho (MDB), herdeiro do relator da CPI da Covid. O governador não acompanhou os compromissos públicos. Ao lado do prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o JHC (PSB), o presidente participou da entrega de 500 unidades habitacionais do Residencial Oiticica I. Em seguida, vai inaugurar um complexo viário.

Enquanto o público presente gritava “Renan vagabundo”, Bolsonaro disse:

“O recado que eu tenho para esse indivíduo: se quer fazer um show tentando me derrubar, não fará. Somente Deus me tira daquela cadeira. Temos um compromisso com vocês e devemos lealdade a vocês. Queremos trabalhar O povo quer liberdade, quer ser feliz. E no que depender desse governo, assim o será.”

Na quarta (12), o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente, havia chamado Renan de vagabundo, durante depoimento do ex-secretário de Comunicação Social da Presidência Fabio Wajngarten na CPI, o que ensejou a militância bolsonarista a repetir o xingamento.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e o senador Fernando Collor (Pros-AL) também acompanham a agenda do chefe do Executivo federal no estado.*

(**) Flávia Said – Metrópoles