É UM PAZUELLO DE JALECO

Vacinação em adolescentes: Lewandowski desautoriza Queiroga

Queiroga é mais ministro do que médico no Ministério da Saúde | Humor  Político – Rir pra não chorar

Ricardo Lewandowski desautorizou Marcelo Queiroga e reafirmou que estados e municípios têm poder para definir a vacinação de adolescentes. No dia 15, o Ministério da Saúde orientou a suspensão da vacinação em jovens de 12 a 17 anos sem ouvir Anvisa e técnicos da pasta.

No dia seguinte, Queiroga falou com a imprensa para explicar os motivos e piorou a situação, chegando a pedir que as mães não vacinassem seus filhos caso eles pertencessem a essa faixa etária.

O ministro do STF afirmou que a decisão de Queiroga não “encontra amparo em evidências acadêmicas, nem em análises estratégicas”. Disse ainda que o ato da Saúde atrapalha a retomada das aulas presenciais – bandeira que levou o ministro da Educação, Milton Ribeiro, a fazer um pronunciamento em rede nacional.

A decisão de Lewandowski segue precedente do STF, que já decidiu haver competência concorrente de estados, municípios e da União no combate à pandemia, por exemplo, para instituir lockdowns e definir planos de imunização. *

(**) Brenno Grillo