DE CARA PINTADA A CARA DE PAU

Carta aos pastores

000- a une

A fixação de Lindbergh Farias pelos evangélicos teve mais um exemplo na semana passada. O petista enviou cartas para 8 000 pastores saudando o ano de 2014. A lista foi organizada pelo pastor Sóstenes Cavalcante, indicado para trabalhar com o senador por Silas Malafaia.

Além do blá blá blá sobre o mandato no Congresso, Lindbergh fecha a carta com uma mensagem:

– Feliz Natal e que Deus abençoe a sua familia. Peço oração para a minha família.

(*) Blog do  Lauro Jardim

E NO PAÍS DO FAZ DE CONTA…

LULOPETISMO: Patacoada da “auto-suficiência” em petróleo, jurada por Lula há mais de SETE ANOS, redundou num gasto de importação de mais de 40 bi de dólares em 2013 — que afundou a balança comercial

Lula-petróleo-foto-VEJA-440x247

Lula e um entourage inteiro embarcaram de helicóptero do litoral do Estado do Rio até 120 quilômetros mar adentro, descendo em uma plataforma da Petrobras, a P-50, de 77 mil toneladas, fundeada na Bacia de Campos. O presidente, fantasiado de petroleiro, com uniforme cor de laranja e capacete, apertou o botão que deu a partida nos equipamentos de perfuração, sujou suas mãos de petróleo — como Getúlio Vargas fizera, em gesto célebre, após uma das primeiras descobertas da Petrobras, nos anos 50 — e anunciou, de boca cheia, que o Brasil era auto-suficiente em petróleo.

Era o dia 21 de abril de 2006.

Dois dias depois, em seu programa de rádio, assegurou que o Brasil era a partir de então “dono de seu nariz”.

No dia da visita do presidente, o então presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, distribuiu declaração dizendo, entre outras coisas, o seguinte:

“A Petrobras e os brasileiros venceram mais um desafio. Quando a empresa foi criada, muitos não acreditavam que fosse viável. O fato é que, 53 anos depois, ela conquistou a auto-suficiência para o Brasil”.

Pois bem, o que temos, hoje, MAIS DE SETE ANOS DEPOIS, segundo DADOS OFICIAIS?

O governo anunciou dias atrás que, depois de 11 anos registrando superávit de dois dígitos, a balança comercial brasileira ficou positiva em apenas 2,5 bilhões de dólares em 2013 — exportações de 242,2 bilhões versus importações de 239,6. Foi o pior resultado em 13 anos..

Só por comparação, em 2011 o saldo da balança comercial foi mais de DEZ VEZES superior — uma diferença favorável de 29,8 bilhões de dólares entre o que o país exportou e o que importou.

E o que é que afundou os resultados da balança comercial?

As IMPORTAÇÕES de petróleo, por parte do “auso-suficiente” Brasil de Lula e Dilma.

O déficit na chamada “conta-petróleo” — a diferença entre o que o país exporta de petróleo e derivados e aquilo que compra no exterior — explodiu, indo para 20,277 bilhões de dólares.

Este é o DÉFICIT, porque o total que o país gastou, importando petróleo, gasolina e outros produtos, chegou a nada menos que 40,5 BILHÕES DE DÓLARES. Só de petróleo bruto, propriamente dito — aquele a respeito do qual nos prometeram auto-suficência –, foram 16,32 bilhões de dólares, mais 24,18 bilhões em combustíveis, lubrificantes e outros produtos da cadeia produtiva do óleo vindos do exterior.

Esses são resultados de um tipo de governo que conta vantagens, inventa lorotas, torra bilhões em publicidade e faz tudo, tudo, tudo de olho na eleição seguinte e em sua perpetuação no poder. Só não faz, como podemos ver, a lição de casa.

Ignora-se por completo a opinião de Lula, que fala por seus próprios e também por cotovelos alheios, a respeito de se o Brasil ainda é, como ele afirmou, “dono de seu nariz”.*

(*) Blog do Ricardo Setti.

INTERVENÇÃO JÁ!

COLUNA DOS LEITORES DA FOLHA DE SÃO PAULO

14007711

Maranhão

A barbárie que tomou conta de São Luís nos últimos dias e que resultou na morte da menina Ana Clara é o desfecho de uma tragédia anunciada, resultado do somatório de descaso, omissão e malversação de recursos por parte das autoridades do governo. Ao expor as mazelas do Maranhão, a Folha só mostra ao Brasil e ao mundo um pouco da triste e vergonhosa situação que nós, maranhenses, vivenciamos. FREDERICO COSTA E SILVA (São Luís, MA)

– Em “Intervenção já!” (“Opinião”, ontem), Eliane Cantanhêde foi na jugular. Como pode uma família dominar um Estado durante tanto tempo mantendo a miséria de um povo desse jeito? É impressionante como o povo do Maranhão e o resto do país permitiram esse absurdo. ARNALDO VIEIRA DA SILVA (Aracaju, SE)

 

A PROPÓSITO

Sarney - morte  petista   gif

Resposta do lacaio da família Sarney à Folha de SP:

– Impressiona na coluna de Eliane Cantanhêde a desinformação e a paixão política em relação ao Maranhão. Os brasileiros conhecem as mazelas do sistema carcerário do país, e esses problemas existem também no Maranhão. O governo do Estado investe mais de R$ 130 milhões na construção de presídios, reforma e modernização dos já existentes. O Maranhão tem o 16º PIB do Brasil, e o IBGE mostra que crescemos 10,3%, a maior taxa do Nordeste. O vídeo sobre “dissecação”, citado pela jornalista, está no ar há mais de 700 dias. O fato não ocorreu no Maranhão. Não aceitamos a divulgação de inverdades sobre o nosso Estado. JOSÉ ROBERTO COSTA SANTOS, deputado estadual (PMDB-MA) e presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Maranhão

RESPOSTA DA COLUNISTA ELIANE CANTANHÊDE – A descrição e as imagens da reportagem “Presos filmam decapitados no Maranhão” (“Cotidiano”, ontem) e o vídeo veiculado pelo site da Folha falam por si. O vídeo anterior, renegado pelo missivista, foi entregue pelo sindicato dos agentes penitenciários do Maranhão ao Conselho Nacional de Justiça, que o incluiu em relatório de 27 de dezembro de 2013.

– O texto de Eliane Cantanhêde reflete a sua coragem moral. O descalabro da administração do Maranhão, que tem os piores índices sociais do país, demonstra incapacidade de gestão pública. RICARDO MUTRAN (São Paulo, SP)

Untitled

Filhos de reis

000 - Lulinha - filho de deus

Falam tanto do Lulinha aqui no Brasil, mas parece que a filha do rei Juan Carlos andou fazendo coisas muito mais cabeludas na Espanha!*

(*) Tutty Vasquez, in Estadão.

 

A PROPÓSITO

000 - lama-gif

Isto o povo não vê, ô raça!*

(*) Acir Vida, editor do blog.

E VIVA O POVO BRASILEIRO

Aviso aos governantes

000000000000000000000000000000000000000 - tucanononobico

O governador paulista Geraldo Alckmin disse que faltou água nos municípios à beira-mar devido “ao aumento inesperado do consumo na região”. Alguém precisaria informar ao governador que: 1) todos os anos, nesta época, é verão, e costuma fazer calor; 2) quando há feriados, o que costuma acontecer sempre na época de Natal e Ano Novo, muitos turistas visitam as cidades litorâneas; 3) aumenta a população, aumenta o consumo de água, veja só! E, como está calor, as pessoas bebem mais água e tomam banhos mais longos, para refrescar-se. Tudo bem, são informações de cocheira, sigilosas, mas bem que ele poderia recebê-las.

A governadora maranhense Roseana Sarney começou negando que houvesse qualquer problema na Penitenciária de Pedrinhas. Roseana, pessoa de prestígio, pertencente a uma família de prestígio, não mente: se errou é porque não sabia.

Alguém precisaria contar a ela que: 1) a capital de seu Estado, o Maranhão, é São Luís; 2) em São Luís existe um presídio em que várias rebeliões, ocorridas durante seu Governo, destruíram portas, derrubaram as paredes entre as celas; 3) que os presos assumiram o controle da prisão e lá implantaram a pena de morte com tortura para punir os integrantes de facções criminosas inimigas. Tudo bem, como é que Roseana, preocupada com a reeleição, poderia saber dessas coisas?

Alguém precisaria contar ao prefeito paulistano Fernando Haddad que os ônibus funcionam todos os dias. Não é só quando há repórteres fotografando, como quando entrou num busão pela primeira e única vez.

Será que não gostou?

Os desinformados 1

Sergio Cabral - merda pura  GIF

O governador fluminense Sérgio Cabral é surpreendido todos os anos por dois fenômenos: o verão (de novo? Já não teve no ano passado?) e as chuvas ( de novo? Na época das férias em Paris?) Na hora em que ele prepara a recuperação das áreas serranas destruídas, onde moradias desabaram e muita gente morreu, as chuvas param. Cabral imagina, portanto, que o problema, ufa!, acabou. E não é que, no fim do ano, recomeça o tal do verão e as chuvas voltam a destruir as áreas de risco?

Alguém precisaria contar-lhe que o verão se repete todos os anos, há milhares de anos. E que encosta desprotegida é um péssimo lugar para morar.

Os desinformados 2

vergonha  gif

O Ministério Público Federal estuda um pedido de intervenção federal nos presídios maranhenses. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ofereceu ao Maranhão 25 vagas em presídios federais. Alguém precisaria contar-lhes que: 1) Os presídios maranhenses são péssimos, mas no resto do país também são ruins; 2) o presídio de Pedrinhas tinha sido destruído há muito tempo por presos rebelados e ninguém tomou qualquer providência; 3) o crime organizado comanda a cadeia; 4) 25 vagas é melhor do que nada, mas estão longe de resolver a superlotação, que envolve vários milhares de presidiários; 5) que o Governo Federal já prometeu ajudar o Maranhão a melhorar os presídios, mas esqueceu tudo.

Os caloteiros

000 - CUMEQUIE - 03 -  gif

Como? Em 2011, o Governo maranhense assinou convênio com o Depen, do Ministério da Justiça (já ocupado pelo mesmo José Eduardo Cardozo que acha o sistema penitenciário “medieval”, mas se limita a reclamar). Pelo convênio, a União repassaria R$ 20 milhões para o Maranhão construir dois presídios – ainda pouco, mas um passo para aliviar a superlotação. O Maranhão cumpriu então as exigências para receber o dinheiro. Cumpridas as exigências, o Governo Federal resolveu esquecer o assunto.

É mais barato reclamar do que resolver o problema.

Os grosseiros

00000000000000000000000000-aaaaaaaa

A história é divulgada por um excelente jornalista, Mauro Mug, cujo filho é um dos protagonistas. Aconteceu em Osasco, SP. Uma senhora de idade empurrava, numa cadeira de rodas, outra senhora de idade. Tentavam, sem êxito, atravessar na faixa de pedestres. Nenhum motorista lhes deu passagem. O rapaz, filho do Mug, que passava de moto, parou para ajudá-las. Passou então, sem lhes dar atenção, um carro da PM. O rapaz gritou: “Nem o carro da Polícia parou!”

Aí o carro da PM parou. Os soldados voltaram, grosseiros: “Qual é o problema?” O rapaz explicou: “Nem a Polícia parou para ajudar as velhinhas”. Reação dos PMs: “Mãos para cima!” Revistaram o rapaz. Como nada encontraram, dispensaram-no e foram embora.

Naturalmente, sem ajudar as velhinhas.

Boa notícia

00000000000000000000000000

Respire fundo: a Agência Nacional de Petróleo determinou que, já agora, tanto o diesel quanto a gasolina sejam de melhor qualidade, menos poluentes. Na gasolina, o teor de enxofre está reduzido a um quarto do que era; no diesel, a 10 partículas de enxofre por milhão, ou um quinto do limite anterior. Cai também a quantidade de outras substâncias que poluem o ar.

Segundo a ANP, a emissão de poluentes em geral, nos veículos mais modernos, cairá 59%; e a de enxofre, 94%. O combustível tem especificações semelhantes às europeias e americanas.

É Brasil!

000 - Quer saber  gif

O Supremo Tribunal Federal empenhou R$ 914.900,00 para comprar sete carros Azeera, informa o portal Contas Abertas. Para que o STF precisa de sete novos carros?

Nos EUA, só o presidente da Suprema Corte tem carro oficial.*

(*) Coluna Carlos Brickmann, na Internet.

QUEM DÁ MAIS?

VERDES EM LEILÃO

opit-18062012_charge

O presidente do Partido Verde, José Luiz Penna, tem encontros marcados até o fim de janeiro com os presidentes do PT, do PSDB e do PSB.

Embora afirme em público que o PV terá candidato próprio a presidente, ele quer saber o que os presidenciáveis estão dispostos a oferecer por seu apoio.

(*) Veja